Vale tudo, mesmo tirar olhos
28
Fev 13
Pirateada por João Rodrigues, às 11:14Ligação da mensagem | Bombardear
Não chamaram a Azai para verificar as condições higieno-sanitárias do abate do bicho? A exposição do animal morto num local público não pôs em causa a saúde pública? E os amigos dos animais, sempre indignados contra as touradas, nem um piozinho.
Como o protesto não foi feito pela "direita", não se aplicando as mesmas regras.

23
Fev 13
Pirateada por João Rodrigues, às 13:53Ligação da mensagem | Bombardear
Após a vírgula, o da em vez de um de. Na altura o Com Paio era o presidente e a coisa passou. Os serviços da presidência são tão competentes que o Cavaquinho é presidente há mais de 6 anos e só agora foi detectado o "erro".

Simplificando o problema, é uma matéria gramatical. É sempre reconfortante ver os principais políticos do país preocupados com a língua materna. Preocupados, escrevi eu? Aceitando o desacordo ortográfico, a preocupação não parece muita.

14
Fev 13
Pirateada por João Rodrigues, às 15:06Ligação da mensagem | Bombardear




O ministério da colecta de impostos inventou mais uma - a factura obrigatória. Eu já tomei a decisão de pedir sempre a factura (de preferência em triplicado). De seguida, tornar-me-ei um bufo ao serviço do fisco: estarei à coca dos infractores e serei um chibo.


P.S.: espero ser remunerado pelo trabalho. A vidinha não está fácil.
Etiquetas:

11
Fev 13
Pirateada por João Rodrigues, às 13:59Ligação da mensagem | Bombardear
Perceberam porque o Inseguro Tózé estava mudo sobre a vida interna do Pêésse? Levava no bolso um texto de 27 páginas para garantir a união do partido - tudo o que está no bolso do líder do Pêésse é confidencial, daí não não haver falatório sobre o partido.

Quanto ao mais importante, não soubemos e os jornalistas não questionaram - bolso do casaco ou das calças?

O texto chamava-se Portugal Primeiro e passou a texto com nome de cidade, à boa maneira europeia. Uma originalidade. A designação primária seria considerada plágio, tendo caído. Com o nome pomposo de Documento de Coimbra é suposto todos acreditarmos numa espécie de visão messiânica sobre o que os socialistas vão fazer quando voltarem ao governo. Lendo o texto, é o vazio do costume.

09
Fev 13
Pirateada por João Rodrigues, às 11:19Ligação da mensagem | Bombardear
Muitos, poucos, nenhuns ou alguns? O Toninho Costa deve ter-se baseado numa sondagem feita para a Sique e o jornal Espesso, onde ganha ao Inseguro Tózé, mas a percentagem não é esmagadora, apesar de ter maioria. Para um Messias, é um resultado fraquinho.
Etiquetas:

04
Fev 13
Pirateada por João Rodrigues, às 12:09Ligação da mensagem | Bombardear
O Poeta Triste considera uma vergonha. O Operário Jerónimo fala em escândalo. A Dupla de Esquerda quer que o Pastel-Álvaro-de-Nata vá ao circo esclarecer o caso. O caso chama-se Franquelim e parece ter passado pela Esse-lê-nê, dona do Banco Português de Negociatas.

O Afilhado Rebelo de Sousa afirma que o Franquelim levanta o fantasma do BPN. Não levanta fantasma nenhum, porque não existe um. O que existe é um buraco de 7 mil milhões de euros a pagar pelos contribuintes, após uma estatização mal explicada feita pelo governo do grego.

Suponho que o único problema seja o facto de o homem vir da "alta finança".

P.S.: o Álvaro esqueceu-se de comunicar a todos os interessados que o Franquelim é adepto da exportação de pastéis de nata. Não nos podemos esquecer que foi escolhido para secretário de estado do empreendedorismo e inovação.
Etiquetas: ,

Quem é o cromo?
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27


A marear desde
3 de Julho de 2008
Sucata
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
RSS
blogs SAPO