Vale tudo, mesmo tirar olhos
28
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 18:25Ligação da mensagem | Bombardear
Na área da segurança interna Portugal tem a PSP, a GNR, o SEF e a Polícia Marítima.

A PSP e a GNR têm as duas as mesmas funções. A diferença é a PSP ficalizar as armas e a actividade da segurança privada e ser uma polícia civil. A GNR fiscaliza o ambiente, faz patrulhamento marítimo e fiscaliza a pesca e efectua acções de prevenção e intervenção nos incêndios e outras catástrofes e é uma polícia militar. É uma espécie de dividir o mal pelas aldeias.

Na área do patrulhamento marítimo existe a Polícia Marítima (PM). Certo? Errado. Se já existe a Polícia Marítima, não é necessário a GNR fazer o mesmo. O problema é a PM estar na dependência da Marinha, no Ministério da Defesa. A GNR faz parte do MAI.
A solução seria simples - a PM saía do Ministério da Defesa, passava para o MAI e era extinta; também a PSP e a GNR seriam extintas e seria criada uma polícia única de segurança pública. O "problema" seria a Marinha perder a tutela de uma polícia com funções civis. Acontece o mesmo com os governos, que não querem perder uma força militar com funções civis, a GNR. E o Exército não quer perder "peso" com a diminuição do número de generais que saem do exército e são colocados na GNR.

Ainda falta o SEF, que é uma mistura entre um orgão de investigação criminal e um serviço administrativo. Também podia se extinto, com as funções que tem distribuídas entre a Polícia Judiciária e uma entidade administrativa do MAI (existem tantas, não deve ser díficil arranjar qualquer coisa).

Se quiserem saber mais consultem as seguintes leis:

a) lei n.º 53/2007 de 31 de Agosto;
b) lei n.º 63/2007 de 6 de Novembro;
c) decreto-lei n.º 43/2007 de 2 de Março;
d) decreto-lei n.º 44/2002 de 2 de Março;
e) decreto-lei n.º 252/2000 de 16 de Outubro.

Depois de darem uma volta por estas leis, espero que não tenham ficado zonzos com a complicação que os governantes vão encontrando o fazerem as leis.
Etiquetas:

26
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 14:36Ligação da mensagem | Bombardear
Já morreram afogados? Parece que o gelo da Gronelândia derreteu. Supostamente o nível do mar devia subir 8 metros, mas ainda não vi nada. Afinal foi apenas a camada superficial de gelo (o resto tem 3 quilómetros de espessura).
Etiquetas: ,

23
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 14:59Ligação da mensagem | Bombardear
Para não se perceber como funciona a economia portuguesa, aqui ficam várias listas, com todas as empresas nas quais o estado é accionista. Inclui participações importantíssimas de 0,00%.

As razões dadas para a forma como as participações da carteira acessória chegam ao estado diz tudo sobre o funcionamento da economia tuga.
Na carteira principal é quase o mesmo.
Ainda existe a carteira global com mais algumas empresas não listadas no outro rol.
Faltam as empresas que vão ser liquidadas.
Como o estado é um banco, empresta pilim a várias empresas.
Também concede garantias de pagamento às companhias que não têm.
Estas listas são da Direcção-Geral do Tesouro e Finanças.

Se forem ao sítio da Parpública encontram mais umas quantas listas semelhantes.

No fim das contas são só meia dúzia de cêntimos.

É por decisões como estas que estamos assim. Depois a culpa é da Anjinha Merkel.
Etiquetas:

18
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 14:34Ligação da mensagem | Bombardear
Continuando as andanças ministeriais internáuticas, vamos mudar de ares e passar para a área do emprego.

Existe uma Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho. Como o Sr. Instituto ficou com ciúmes, foi criado o Instituto do Emprego e da Formação Profissional. Mas o Sr. Centro chateou-se e formaram o Centro de Relações Laborais.

Na área da igualdade, existe a Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego, mas a igualdade de género e a cidadania não gostaram e geraram a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. O Sr. Alto Comissário amuou e foi criado o Alto-Comissariado para a Imigração e Diálogo-Intercultural. As duas últimas estruturas estão dependentes do ministro Ervas. A primeira está dependente do Alvarinho Económico.
A coisa não se fica por aqui. Falta referir a existência de um Instituto Nacional para a Reabilitação. Questionam-se vós se está ligado à construção civil. Mais ou menos - promove os direitos das pessoas com deficiência. Está dependente do ministério da segurança social.

Na secção da segurança social, temos a Direcção-Geral da Segurança Social e para apaziguamento do Sr. Instituto, lá está, que deve ser muito importante, foi criado o Instituto da Segurança Social.

Para fechar, falta escrever sobre o Conselho Nacional para as Políticas de Solidariedade, Voluntariado, Família, Reabilitação e Segurança Social (ufa, até cansa). Pensava eu que isto devia estar dividido em 4 conselhos consultivos e juntam tudo no mesmo saco.

São três áreas bastante racionais, com competências bem definidas.
Etiquetas:

17
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 15:07Ligação da mensagem | Bombardear
Etiquetas:

16
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 14:23Ligação da mensagem | Bombardear
Viajar pelos meandros do governo português na internet é uma experiência enriquecedora, sob o ponto de vista mental, psicológico e emocional, quiçá místico. Resumindo: é para se ficar de boca aberta.

No ministério das couves e do ataque ao ambiente, existem várias redundâncias (digo eu). Para os especialistas parece que não. Existe a Direcção-Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural. Como o sector da vinhaça não faz parte da agricultura, foi criado o Instituto do Vinho e da Vinha. Subsequentemente, as nobres uvas do Porto e do Douro reclamaram uma origem aristocrática - não se podem misturar com a ralé vinícola - pelo que foi criado o Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto.

Na área do financiamento e das inspecções dá-se o caso oposto. Existe uma desigualdade intolerável - o Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas integra as duas áreas. Seguindo o modelo anterior devia ser dividido em dois.

Sucede o mesmo com a Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. Mas pelas últimas investigações, as inspecções da agricultura e do ambiente vão ser extintas, sendo criada uma única inspecção para o ministério. 3 áreas unidas na mesma entidade? Não é demasiado simples? Aguarda-se a revolta das inspecções agrícola, piscícola e ambiental.

Parece que também vão extinguir as 5 Administrações de Região Hidrográfica e o Instituto da Água, passando as suas competências para a Agência Portuguesa do Ambiente. Mais simplificação? A sério?
Etiquetas: ,

07
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 14:27Ligação da mensagem | Bombardear
O cortes dos subsídios de férias e de natal são ilegais mas só a partir do ano que vem. Este ano é constitucional. À conta disto, vai por aí uma grande discussão jurídico-legal acerca do acordão do tribunal constitucional. Decisão facilmente explicável: não tem explicação. Simples.

Mas não nos podemos queixar - os juízes do tribunal constitucional são escolhidos pelos partidos que estão representados no circo, originando um tribunal completamente independente, não é? Esperavam o quê? Daí vir na deliberação a "solução" do problema que o governo tem de arranjar para o orçamento do ano que vem. Está tudo controlado.

Resta esperar que extingam o tribunal, coisa que deve acontecer já a seguir. Os políticos aproveitam este tipo de organismos para não terem responsabilidade nas decisões.

05
Jul 12
Pirateada por João Rodrigues, às 11:21Ligação da mensagem | Bombardear
O Carlos Mínimo pensa que nós somos todos parvos para acreditarmos.

Afirmou que aquando da votação não houve propostas de alteração ao texto, mas estava convencido que a pressão inaceitável vinha lá. O Mínimo aceitou o texto, votou o texto e não leu o texto.

Conclusão: o conselho regulador da Erque não serve para nada, se os "serviços" fazem tudo.

Quem é o cromo?
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
19
20
21

22
24
25
27

29
30


A marear desde
3 de Julho de 2008
A Caveira Vesga no Facebook
Sucata
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
 photo fumadores.jpg
RSS
blogs SAPO